Follow by Email

quarta-feira, 1 de junho de 2011

PÃO INTEGRAL E SUAS VARIAÇÕES



Estou tendo problemas com a postagem, e para não estragar tudo que já fiz , esse quadrado incômodo, que não consigo tirar ,ficará aí mesmo.










Adicionar vídeo Remover formatação da seleção
Estas fotos estão prontas há um tempo, mas como é uma postagem detalhada, portanto longa, não tenho tido tempo de fazê-la, mas hoje estou com os afazeres mais tranquilos.Então vamos lá!
Fazer pão é algo aparentemente simples, mas os detalhes fazem toda diferença.

A receita não poderia ser mais simples:PÃO INTEGRAL

Meio litro de água.
Meio copo(250ml) de óleo(eu uso girassol, pois o de soja altera o sabor do pão)
Um pacote de fermento granulado( se for do fresco use 1 colher de sopa de fermento)
Uma colher de sobremesa de sal.
Uma colher de sopa de açucar(eu uso mascavo, mas pode usar cristal).
Uma mão cheia de farinha integral(mais ou menos 100 gramas)
Farinha de trigo branca(o quanto precisar, em torno de 1 kilo)

COMO FAZER.

Numa bacia grande, despeje o fermento.Dois copos de 250 ml, correspondem ao meio litro dágua(nem sempre temos medidores apropriados, então adaptei para facilitar).


Despeje os dois copos de agua.

Acrescente o óleo.
Ponha o sal.
Acrescente o açucar.
Ponha a farinha integral( evite as moídas muito finas,atrapalham, pois o glútem agirá muito rápido tornado a massa pesada)
Despeje mais ou menos meio pacote de farinha de trigo branca.
Misture bem até formar uma pasta homogênea.
Se quizer essa é a hora de acrescentar sementes de linhaça.São exelentes para saúde e ainda é gostoso morder as sementinhas enquanto se come o pão.
Ponha mais farinha ,misture e observe o quanto ainda deverá por de farinha. Nunca despeje tudo de uma vez, a massa deverá ser firme , mas não seca.
Sove bem a massa , numa pia ou mesa(esse é um momento importante no feitio do pão, é a hora de "acordar' o glútem e fazê-lo interagir com o fermento.
Sove até a massa ficar elastica e macia.
Ponha de volta na bacia, cubra com pano e deixe crescer.
Enquanto a massa cresce, prepare os possíveis recheios, (isso para os dias que o tempo não contar e que a inspiração te iluminar),. Afora isso no corre-corre da semana faço apenas pães simples.
*** uso essa mesma massa para fazer PIZZA!
Para um pãzinho temperado de sal uso calabreza,cebola e orégano, posso usar qualquer coisa que me ocorrer na hora(frango desfiado, atum, espinafre, escarola-chicórea refogada- abobrinha com estragão,hummm! essa é perfeita!)
Então essa é a hora de criar!
Para esse de doce usei maçã , canela e passas, enfeitei com amêndoa.
A massa já crescida( o tempo para isso é variável, depende do clima da cozinha, dias quentes , rapidinho, dias frios demoradinho).
A massa tem que ficar assim parecendo uma renda.( clique na foto para vê-la ampliada e melhor)

Primeiro divido em partes para o numero de variedades de pães que quero fazer, no caso em questão foram 3.
Vá modelando seus pães.
Enrole o pão mais simples primeiro, sove para liberar o ar das bolhinhas da fermentação, isso ajuda a não ficar com cheiro de cerveja azeda, e sim com cheiro de pão fresquinho!
Para os outros vá montando, ou em trouxinhas como fiz, ou modelo rocambole, abre a massa e cubra com seu recheio escolhido e depois enrole.
Cubra e deixe-os crescer novamente.Depois asse-os em forno médio, para cozinhar bem , depois de uns 10 minutos aumente o fogo para secar a massa.
Ai é só saborear!!!
Os doces com um cházinho!!!
O simples com manteiga fresquinha!!!!!

E por fim o salgado com um delicioso suco de jaboticaba!!!!Enfim está aí, a receita tão pedida pelos que conhecem meus pães.
BOM APETITE A TODOS QUE SE AVENTURAREM!!!