Follow by Email

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

GALO DE BARCELOS -PORTUGAL-



Sou uma incorrigível apaixonada por Portugal.Tudo sem exceção me encanta no povo português, hábitos , costumes, a música, a comida, o falar, o casario...
Tudo em Portugual parece guardar uma aura de tradição.Nem consigo imaginar um Portugal "giro"; gíria portuguesa para legal.
Esses costumes sempre me rondaram a experiência, aos 13 anos, tendo que presentear um professor no final de ano da escola, o que eu escolhi? Um galinho Português. Algo bastante incomum para minha idade, ainda mais morando no interior de Minas Gerais, aliás acho que é isso, Minas Gerais é lugar que mais conservou os costumes lusitanos.
Em outra ocasião vendo Discovery com meus filhos, começou um programa com imagens de Algarve, instantaneamente comecei a chorar,de uma saudade sufocante que há muito precisava de seu imaginário visual para se expressar.
O tempo vai passando e continuo a amar Portugal, por esses blogs vim a conhecer uma doce portuguesa, que me presenteia com lindas chitas portuguesas, meu coração exultante com tão rico presente, tem dó de usá-las, parece que elas não podem ser gastas, são um amor guardado em caixa de tecidos especiais.
Uma outra amiga me presenteia para enfeitar minha cozinha, sabendo ela que sou amante da língua portuguesa e sendo ela uma espetacular professora de língua portuguesa, me presenteia com um galinho português.Sempre está ele lá, a me olhar do armário da cozinha. Até que um dia fui saber dele.
Lenda do Galo de Barcelos
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Galo de Barcelos.
A lenda do Galo de Barcelos narra a intervenção milagrosa de um galo morto na prova da inocência de um homem erradamente acusado. Está associada ao cruzeiro seiscentista que faz parte do espólio do Museu Arqueológico, situado no Paço dos Condes de Barcelos.
Segundo a lenda, os habitantes de Barcelos andavam alarmados com um crime, do qual ainda não se tinha descoberto o criminoso que o cometera. Certo dia, apareceu um galego que se tornou suspeito. As autoridades resolveram prendê-lo, apesar dos seus juramentos de inocência, que estava apenas de passagem em peregrinação a Santiago de Compostela, em cumprimento duma promessa.
Condenado à forca, o homem pediu que o levassem à presença do juiz que o condenara. Concedida a autorização, levaram-no à residência do magistrado, que nesse momento se banqueteava com alguns amigos. O galego voltou a afirmar a sua inocência e, perante a incredulidade dos presentes, apontou para um galo assado que estava sobre a mesa e exclamou: "É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem."
O juiz empurrou o prato para o lado e ignorou o apelo, mas quando o peregrino estava a ser enforcado, o galo assado ergueu-se na mesa e cantou. Compreendendo o seu erro, o juiz correu para a forca e descobriu que o galego se salvara graças a um nó mal feito. O homem foi imediatamente solto e mandado em paz.
Alguns anos mais tarde, o galego teria voltado a Barcelos para esculpir o Cruzeiro do Senhor do Galo em louvor à Virgem Maria e a São Tiago, monumento que se encontra no Museu Arqueológico de Barcelos.
Na verdade se chama galo de Barcelos, uma história linda, quiça uma verdade...
Então evoluindo nos meus mundos internos, escrevo esse post de hoje em homenagem a PORTUGAL, que embora eu não viva por lá nessa oportunidade reencarnatória, tenho por certo e minha alma o diz, que já vivi em terras lusitanas em outros tempos.
Está aí então, minha sinceríssima homenagem ao povo português, embora a mídia diga que não , pra mim Portugal é o lado bom da Europa, pois que é um povo afetuoso , haja visto a marca de afetividade que nos legaram sendo nossos colonizadores.
Obrigado Pedro Álvares Cabral!
Já imaginaram se fôssemos colonizados pelos ingleses? Viram por quê agradeço aos nossos colonizadores? Sociólogos à parte, a experiência foi muito rica, tanto que nos fez um povo admirado por nossa alegria e nossos costumes...

3 comentários:

  1. Claudia querida

    Também sou apaixonada por Portugal.
    Todas as vezes que viajei para Europa fiz questão de por lá passar.
    Um elo também me liga ao país. Me sinto feliz por lá.
    Seu comentário no blog só apareceu no meu mail. Estranho não?
    Mas respondi assim mesmo.
    Um beijinho carinhoso e ótimo Natal.

    Lucia

    ResponderExcluir
  2. Cláudia!

    Adorei seu post! Nós tivemos a oportunidade de conhecer essa terra e posso dizer com toda certeza: é realmente encantadora! Nos surpreendeu muito positivamente e ficamos com gostinho de "quero conhecer mais"!
    Coincidentemente conhecemos a história do Galo de Barcelos lá, até trouxemos um galinho para recordarmos desse linda história e desse país Maravilhoso!
    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  3. Já morei um tempo nessas terras lusitanas. Estudei em Coimbra e me encantei com esse país. Compreendo perfeitamente quando vc diz que chora ao ver na TV alguma coisa de Portucale. A lenda do galo de Barcelos é linda demais e ele está por todo canto MESMO de Portugal.

    ResponderExcluir